Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Empaer e Unisol promovem evento para discutir economia solidária entre mulheres e jovens

Notícias

Empaer e Unisol promovem evento para discutir economia solidária entre mulheres e jovens

Com a participação de 76 integrantes de 31 cooperativas localizadas em municípios do Comportamento da Borborema, foi sendo realizado na terça-feira, dia 9, na sede da gerência regional da Empaer em Campina Grande, o Primeiro Encontro das Mulheres e dos Jovens Empreendedores, que teve como objetivo discutir a economia solidária, buscar novos mercados e a troca de experiências, promovido pelo Governo do Estado por meio da Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária, vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, numa parceria com a Coop Rede Vitória, que integra a Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários – Unisol.

DSC_0398cooperativa.JPGNa abertura do evento, o gerente regional em exercício da Empaer Marconi de Sousa e Silva, representando o presidente Nivaldo Magalhães, destacou a importância do evento para o fortalecimento de cadeia produtiva da agricultura familiar, e lembrou que foi um momento para a troca de experiências já que contou com a participação de diversos segmentos envolvidos no trabalho de cooperativas. Também esteve presente a assessora estadual da juventude, Tatiana Eiko Asahi Araujo e Eliezia Paulino, que integra e equipe de metodologia da Empaer.

O presidente da Cooperativa dos Produtores Rurais dos Municípios de Campina Grande e Boa Vista, Kizion Marques, o evento tem um grande significado para todos os associados, porque permite a todos tomar conhecimento de novas experiências, além de ajudar na diversificação das vendas de seus produtos. “Uma formação desse tipo vai tornar visível para os cooperados da importância do empreendedorismo e tornará a Coop Rede Vitória ainda mais visível e com a possibilidade de conquistar novos mercados”, afirmou.

DSC_0395cooperativa.JPGO jovem Kision Marques informou que a cooperativa que administra trabalha com a comercialização de vários tipos de produtos procedentes da agricultura familiar, como frutas e verduras, ovos e carnes de caprinos e ovinos e de franco. São 218 associados que semanalmente fazem a entrega de seus produtos nas escolas da rede publica dos municípios e do estado.

A jovem Analice Tavares de Lima residente no Sítio Catolé, em Queimadas, que também integra a cooperativa de comercialização através da Coop Rede Vitória, disse o evento é um novo aprendizado para todos e que, participando, pode ter novos conhecimentos que vão ajudar na condução de suas atividades agrícolas. Ela trabalha com a criação de 800 frangos de cortes, cuja atividade começou em 2013 depois de participar de uma reunião promovida pela antiga Emater e a prefeitura de sua cidade. Afirmou que tomou gosto pela atividade e, orientada pelos extensionistas rurais, criou uma associação e agora está associada à cooperativa, o que está facilitando colocar seus produtos no mercado. “Gostei bastante porque me ajudou a aumentar meus conhecimentos”, disse.

DSC_0403cooperativa.JPGDurante o evento aconteceu palestras proferidas por instrutores da Unifacisa, com sede em Campina Grande, também houve troca de experiências entre os participantes, quando foram criados dois comitês, sendo um de jovens e outros de mulheres para buscar novos avanços. Com a parceria da Unisol será realizado um trabalho de melhoramento visual da loja como parte de trabalhar um projeto de empreendedorismo solidário.

A Coop Rede Vitória, que é formada por cooperativas conhecidas como de segundo grau, localizadas na Região da Borborema, recebeu este nome numa homenagem a servidora da Empaer Vitória Aparecida Pereira Vitor, formada em Cooperativismo, que vem atuando nesta área há bastante tempo, dando um grande impulso na contribuição da organização e processo de comercialização.

Voltar para o topo
Secretaria de Estado da Comunicação Institucional