Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Empaer incentiva estratégias alimentares para rebanhos em período de estiagem prolongada

Notícias

Empaer incentiva estratégias alimentares para rebanhos em período de estiagem prolongada

Introdução de palma forrageira resistente à cochonilha do carmim, armazenamento de forragens em silos trincheiras e aquisição de suplementos alimentares como farelo de torta, milho e soja. Estas são algumas, entre as várias ações que estão sendo executadas pela Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer) com a finalidade de garantir alimento para os rebanhos em período de estiagem, principalmente na região Semiárida.

umbuzeiro.jpgUm dia especial realizado, na terça-feira (19), na comunidade Sipaúba, de propriedade dos agricultores Severina e José Luís de Sales, município de Umbuzeiro, serviu para orientar estratégias de convivência com o Semiárido para cerca de 100 agricultores familiares assistidos pela extensão rural paraibana.

Na oportunidade, o gerente local da Empaer em Umbuzeiro, Clodoval Bento de Albuquerque, ensinou aos presentes, todas as técnicas de plantio de raquetes de palma forrageira, como plantio em curva de nível, espaçamento correto, seleção das raquetes, adubação orgânica, consórcio, variedades e tratos culturais. A aquisição de 10.600 de raquetes de palma forrageira é resultado de parceria com a diretoria e integrantes da associação dos agricultores do município.

umbuzeiro10.jpgSegundo Clodoval, esse projeto de repasse de raquetes de palma forrageira da variedade orelha de elefante é uma continuidade do Programa do Governo do Estado, “que junto com a Empaer, tem dado destaque para a integração entre os sócios agricultores em favor da revitalização da palma como política pública no nosso município”, disse, explicando que, nesse projeto “os sócios desempenham um papel de fundamental importância, ou seja, não apenas beneficiários, repassam os conhecimentos recebidos a outros agricultores”.

O rebanho bovino em Umbuzeiro é composto de 2.620 cabeças de bovinos, caprinos e ovinos. A precipitação pluviométrica registrada até agora no município foi de apenas 91,3mm, porém o período de inverno na região tem início a partir de março.

Voltar para o topo
Secretaria de Estado da Comunicação Institucional