Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Pesquisa sobre caprinocultura e produção de mudas frutíferas terão recursos do Funcep

Notícias

Pesquisa sobre caprinocultura e produção de mudas frutíferas terão recursos do Funcep

O melhoramento genético dos rebanhos caprinos e ovinos na Paraíba, o fortalecimento da citricultura no Território da Borborema, a distribuição de mudas de coqueiro anão verde no Perímetro das Várzeas de Sousa e o fortalecimento do extrativismo do umbuzeiro, são projetos que serão executados pela Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer), vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), que receberão recursos do Funcep.

Segundo o presidente da Empaer, Nivaldo Magalhães, são recursos da ordem de R$ 847.314,07 a serem aplicados nos quatro projetos considerados fundamentais para o avanços das pesquisas e do desenvolvimento nestes setores produtivos de base familiar, criando mais oportunidades de empregos e renda no campo. Ressaltou também que a participação do corpo de pesquisadores, numa ação coordenada pelo diretor de pesquisa Manuel Antônio de Almeida (Manuel Duré), está permitindo que as tecnologias estejam disponíveis aos produtores rurais.

Fruto Cajá 28-04.jpgProjetos e programas – O gerente Wandrick Hauss de Sousa, da Gerência Executiva de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento, informou que o programa de fortalecimento da caprinocultura de produtores de base familiar é uma ação visa a transferência de embriões e melhoramento genético, fazendo com isso que a criação de caprinos e ovinos no Estado tenha um novo impulso, beneficiando 1200 pequenos criadores.

A expansão e o fortalecimento da citricultura no Polo da Borborema, especialmente nos municípios de Matinhas e Alagoa Nova, maiores produtores de citros da região, é outro projeto a ser executado. Haverá apoio para a implantação de um modelo agrícola sustentável nas com unidades rurais de agricultores familiares, com repasse de mudas de qualidade, capacitação e uso de tecnologias inovadoras, Umbuzeiro 28-04.jpgassegurando a qualidade de vida das famílias beneficiadas. A proposta é adquirir 12 mil mudas certificadas e a implantação de 36 hectares, contemplando nove municípios.

Para a recuperação o coqueiro anão verde, da principal cultura das várzeas de Sousa, que nos últimos anos de estiagem foi praticamente dizimado, serão destinadas 8 mil mudas, visando contribuir para a elevação da renda, a geração de empregos, a erradicação da pobreza e, consequentemente, também para a melhoria da qualidade de vida de cocoicultores do Projeto Irrigado Várzeas de Sousa.

Ainda segundo Wandrik, o diagnóstico tecnológico, socioeconômico e ambiental do extrativismo do umbuzeiro na Paraíba é outro projeto de porque vai tentar a recuperação de uma cultura importante na geração de oportunidades de trabalho e de renda. A meta é desenvolver projetos técnicos/sociais e ambientalmente sustentáveis, voltados para a produção e preservação do umbuzeiro no seu habitat natural, com a adoção e políticas públicas visando a definição da cadeia produtiva.

Voltar para o topo
Secretaria de Estado da Comunicação Institucional