Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Técnicos da Empaer apontam caminhos para sistema agroflorestal na agricultura familiar

Notícias

Técnicos da Empaer apontam caminhos para sistema agroflorestal na agricultura familiar

O grande desafio para o setor agropecuário, inclusive de base familiar, atualmente, tem sido manter o aumento da produção saudável, gerando segurança alimentar com sustentabilidade socioambiental. Para avançar com os debates, compartilhar ensinamentos e apresentando propostas, a Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer), vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), realizou na sexta-feira, dia 31, Live sobre Sistemas Florestais na Agricultura Familiar, com a participação do extensionista rural Ricardo Pereira e do Pesquisador e Cientista Rêmulo Carvalho, ambos da Empaer, o do professor Alexandre Eduardo, da UFPB, e com a mediação os técnicos Justino Vieira, Eliezia Paulino e o TI Thyago Maia.

Ricardo Pereira disse que as vantagens do sistema agroflorestal vão desde a melhoria do estado do solo até a ampliação de suas possibilidades comerciais. Lembrou que o agricultor pode utilizar os diversos campos de possibilidades ambientais, econômicos e de produção agropecuária na sua propriedade.

Também explicou que tudo ocorre de forma planejada e que não é simplesmente um consórcio, mas uma forma de aproveitamento do espaço, apoiado em uma parceria entre as diversas plantas que ocuparão o ambiente. Cada planta dentro de um sistema agroflorestal tem sua função biológica, produtiva e ambiental, inclusive sendo possível implantar no semiárido.

A Paraíba já tem modelo agroflorestal há mais de 10 anos, como é o caso do sítio Utopia, em Alagoa Nova, do proprietário Paulo Luna, que é assessorado pela Empaer. O agricultor produz mais de 50 tipos de culturas diferentes (desde hortaliças até frutas) em uma área de três hectares.

Existem financiamentos para projetos agroflorestais e os escritórios da Empaer em todo o Estado estão disponíveis para contribuir com o produtor para elaborar projetos de acesso aos recursos.

O pesquisador Rêmulo Carvalho, especialista na cultura de abacaxi, falou das pesquisas da Empaer que estão à disposição dos produtores, visando ajudar na produção de alimentos saudáveis, preservando o meio ambiente e melhorando a cultivo agrícola.

O Plano Safra 2020/2021 contempla o produtor com o Pronaf Agroecologia, no investimento em sistema de produção agroecológico ou orgânicos. Já o Pronaf Floresta atende a exploração extrativista, a recomposição de áreas de preservação permanente e reserva legal, além da recuperação de área degrada para o cumprimento da legislação ambiental, como também destinado a regiões que apresentam aspectos de desertificação. Outra ação é o Pronaf Produtivo Orientado, que se destina ao atendimento do sistema de produção de base agroecológica ou orgânica.

ELIEZIA.jpgPara acessar todos estes e outros programas, o agricultor familiar conta com o apoio e a orientação da Empaer, que está presente em toda a Paraíba e, mesmo no período de pandemia, continua oferecendo assistência técnica a distância, utilizando os canais de comunicação, seguindo as recomendações das autoridades sanitárias.


A Live está no canal Youtube - https://streamyard.com/caexfkitb6

Voltar para o topo
Secretaria de Estado da Comunicação Institucional